DOIS MARCOS GÍRIOS EM 2012

Caro Paulo,
Grato pela elegância do gesto.
O que me move é a defesa da gíria como sistema linguístico válido.
A gíria tem morfologia, fonética e sintaxe como a linguagem padrão. Não é lingua de marginais. Pessoas de todas as classes, credos, idade, sexos, renda e escolarização falam gíria.
Em 2012, estamos comemorando dois marcos gírios:
- Centenário do lançamento do 1.º livro brasileiro de gíria, "Giria dos Gatunos Cariocas", de Elysio de Carvalho.
- Tricentenário da 1.ª referencia à giria na lingua portuguesa, pelo padre Raphael Bluteau, em seu "Dicionário da Língua Portugesa", aprovado pela Santa Inquisição.
As datas não serão assinaladas pela Academia Brasileira de Letras.
Atenciosamente,
JB Serra e Gurgel

2 comentários:

Chris Gurgel disse...

Olá Paulo acho q vc é primo do meu pai eu sou filha de Jorge Ney Campos Gurgel, meu pai é filho de Antônio de Pádua Campos Gurgel, ele nasceu na região da Guaiuba ou Pacatuba no Ceará, meu avô não tinha muito contato com a familia mais quando era pequena lembro de um Paulo qur era filho da tia Mazé. Queria saber mais sobre a familia. Será que você pode me ajudar?

Paulo Gurgel disse...

Minha cara Chris, olá.
Minha mãe é Elda Gurgel e Silva, filha de Almerinda Gurgel.
Não há Jorge Ney entre meus primos, de modo que não somos parentes próximos.
Entretanto, recuando algumas gerações devemos ter um antepassado comum, pois todos os membros da família Gurgel descendem de uma só pessoa: um francês de sobrenome Toussaint Gurgel que veio para o Brasil no século XVI.
Um abraço.
Em tempo:
Acrescento links de postagens neste blog que, por versarem sobre a família Gurgel, podem lhe interessar.
http://gurgel-carlos.blogspot.com/2011/05/gurgel-especulacoes-sobre-origem-do.html#links
http://gurgel-carlos.blogspot.com/2011/01/o-gurgel-inconfidente.html#links
http://gurgel-carlos.blogspot.com/2011/01/familia-gurgel-em-otavio-bonfim.html#links
http://gurgel-carlos.blogspot.com/2010/10/descendentes-de-toussaint-e-domingas.html#links
http://gurgel-carlos.blogspot.com/2010/09/origem-da-familia-gurgel-do-amaral.html#links
http://gurgel-carlos.blogspot.com/2009/08/descendencia-de-almerinda-gurgel.html#links
http://gurgel-carlos.blogspot.com/2008/03/otvio-bonfim-sob-o-olhar-de-uma-famlia.html#links