PRELIBANDO O PASSEIO

Estou de volta a Manaus, depois de muitos anos em que conheci a cidade. Desta vez, acompanham-me no passeio a esposa Elba, a nossa filha Natália e o genro Rodrigo. Tudo está planejado para ser uma estada de três dias.
Nos anos de 1974 e 75, o período em que fui médico militar em Benjamin Constant-AM, por várias vezes me demorei em Manaus. Ora por razões de trabalho, ora por lazer (em meus trânsitos entre Benjamin Constant e Fortaleza).
Naquelas oportunidades, foi quando conheci o centro histórico da cidade, alguns de seus bairros (Compensa, Cachoeirinha etc.), o Comando Militar da Amazônia, na Ponta Negra, o Hospital Militar de Manaus, o Encontro das Águas (entre os rios Negro e Solimões) e o balneário do Tarumã, muito visitado por suas cachoeiras.
Frequentando alguns dos points e restaurantes da moda, curti também um pouco da vida noturna da cidade. Um destes, onde havia música ao vivo, lembro-me que ficava na Boulevard.
Vivia-se o apogeu da Zona Franca de Manaus. Não tinha como ficar indiferente aos preços convidativos dos objetos eletrônicos que eram vendidos em suas lojas. Cheguei a comprar uma motocicleta (Honda 125, com arranque à mão) que despachei para Benjamin Constant.
E aproveitei também para tirar o passaporte que, em minhas férias de trabalho no hospital de Benjamin Constant, seria indispensável para viajar à Colômbia, ao Equador e Peru.
Imagino a cidade que verei logo mais: muito maior do que a Manaus que eu então conheci. Com uma população atualmente estimada em 2,1 milhões de habitantes, ela é hoje a maior cidade da Região Norte do país.
Muita coisa nova para ver e muita coisa antiga para rever, portanto.
https://www.youtube.com/watch?v=xIqErvZi1mA

O ANÚNCIO DO SABÃO PAVÃO

Meu caríssimo esculápio,
Para matar as saudades: dezoito jingles "de época".
Jaime Nogueira
O décimo quarto é um jingle publicitário do Sabão Pavão, cuja letra diz
Para lavar, limpar e desinfetar
Nada melhor do que ter Sabão Pavão
Na sua casa não pode faltar
Estou falando de Sabão Pavão.
Ele é antigo, ele é conhecido
Sabão Pavão, Sabão Pavão
É sempre bem-vindo.
(Falando: Sabão Pavão, minha amiga, é tudo de bom.)
Uma mão lava a outra com perfeição
E as duas lavam juntas com Sabão Pavão.
Para ouvi-lo clique AQUI. Duração: 30 segundos.
jinglesopus.com.br

NA TERRA DAS PALMEIRAS

Desmembrado do município de Cascavel, o distrito de Pindoretama tornou-se município em 1987. Sua toponímia é de origem tupi e significa "terra das palmeiras", de "pindó" (palmeira) e "retama" (terra, região). Ocupando uma área territorial de 72 km², o município de Pindoretama é constituído de cinco distritos: Sede, Pratiús, Capim de Roça, Ema e Caponguinha.
Tendo como seu principal acesso a CE-040, a rodovia do litoral leste do Ceará, Pindoretama dista 40 quilômetros de Fortaleza. É rota obrigatória para a Reserva do Batoque (a 9 km) e Praia da Caponga (a 12 km).
Sua população foi estimada pelo IBGE (2016) como tendo 20.430 habitantes.
Seus principais logradouros são a Praça da Matriz (onde estão a igreja da Paróquia Nossa Senhora das Graças e o prédio da Prefeitura), a Praça da Cidadania (onde fica o Mercado Público) e a Avenida Capitão Nogueira, a região do comércio e ponto de encontro dos pindoretamenses.
Os engenhos de cana-de-açúcar (O Bari, Complexo Tradição, 3 Irmãos, Cana Doce, São Luiz etc). também estão entre os cartões postais da cidade. Nos últimos anos, eles vêm sendo visitados por turistas que querem conhecer seus produtos artesanais, principalmente suas rapaduras.
Não é à toa que a cidade é conhecida como a Capital da Rapadura.
Aproveitei minha passagem pela cidade para doar um exemplar do livro "Portal de Memórias: Paulo Gurgel, um médico de letras", para a Biblioteca Municipal de Pindoretama.
Onde se hospedar: Hotel Terral (85 3375-1213)
Há 10 anos - No dia seguinte, Elba e eu nos deslocamos à cidade de Pindoretama para um churrasco. Com a minha irmã Mirna, jornalista e assessora ad hoc da carta de navegação desta viagem. Destino: chácara de Cláudio Matos, situada num lugarejo chamado Pratiús, no município de Pindoretama. Cláudio, um funcionário da Receita Federal, é amicíssimo do meu irmão Luciano, a quem cedeu a chácara para a realização do churrasco. E Luciano tinha um forte motivo para, naquele ensolarado domingo, ali reunir a família e os amigos. Era a comemoração pela conquista da vaga no Curso de Medicina da UFC por sua filha Marina (irmã gêmea de Diana, que já faz Psicologia). Pela vocação que ela dá mostra de possuir para a carreira médica, antevejo uma formação brilhante para Marina, minha sobrinha e, daqui a seis anos, uma colega de profissão. In: EntreMentes, 05/03/2007

1º ANINHO DE LÍVIA

CONVITE
Tem cheiro de Moranguinho no ar...
Vou completar meu 1º  aninho e com você quero comemorar!
Será hoje (6) no Golden Kids Buffet, às 18h30.
Rua Gilberto Studart, 280 - Cocó

Parabéns, Lívia, que é filha de Vanessa (minha sobrinha) e Orlando, ambos médicos.