CRONOLOGIA DA CRIAÇÃO DO PARQUE ESTADUAL DO COCÓ

1977 Declarada de utilidade pública para fim de desapropriação a área do Cocó (Decreto Municipal 4.852).
1980 Foi inaugurado o "Parque do Rio Cocó".
1983 A área passa a ser denominada de "Parque Adahil Barreto" (Decreto Municipal 5.754).
1986 O Vale do Rio Cocó foi tornado Área de Proteção Ambiental (Decreto Municipal 7.302).
1989 Declarada de interesse social para fim de desapropriação a área que se estende da BR-116 à Av. Sebastião de Abreu (Decreto Estadual 20.253).
1993 O Governo do Ceará ampliou a área de interesse público social da Av. Sebastião de Abreu à foz do Rio Cocó (Decreto Estadual 22.587).
2017 Assinado em 4 de junho pelo Governo do Ceará o Decreto de Regulamentação do "Parque Estadual do Cocó com seus novos limites (Decreto Estadual 32.248) - numa ação conjunta com a Prefeitura de Fortaleza.
===================================================
11/08/2019 - Atualizando ...
O Parque Estadual do Cocó, em Fortaleza, terá sua área ampliada de 1.571 para 1.579 hectares. O acréscimo de 8 hectares no tamanho do parque ocorre dois anos após sua demarcação oficial e se deve à incorporação de uma área de dunas, localizada nas proximidades do bairro Cidade 2000.

MEMÓRIAS DO HISTORIADOR MIGUEL EDGY

🕮
CONVITE
Lançamento do livro de MIGUEL EDGY TÁVORA ARRUDA
=========================================
"RELEMBRANÇAS - LAMPEJOS DE MINHA MEMÓRIA"
=========================================
organizado pela médica e historiadora ANA MARGARIDA FURTADO ARRUDA ROSEMBERG, membro da Academia Cearense de Medicina e da Sociedade Brasileira de Médicos - Regional do Ceará e editora do blog MEMÓRIAS.
Este livro é fruto do encontro do trabalho de dois historiadores, pai e filha, em condição surpreendente: a do descompasso do tempo.
O historiador Miguel Edgy (nesta fotografia de 1990, com a esposa Maria Adelina e os 15 filhos do casal) gravou suas memórias em uma série de fitas cassetes, quase trinta anos antes que sua filha, Ana Margarida, também historiadora, pudesse regatá-las e publicá-las em formato de um livro.
Data: 29 de junho (sábado) de 2019, às 18h30.
Local: Bouganville Buffet - Rua José Vilar, 3071 - Fortaleza-CE
=================================================
01/07/2019 - Atualizando ...
Lançamento do livro
Por especial deferência da família Arruda, coube a Marcelo Gurgel apresentar a obra, o autor e a organizadora.

MOCHILEIRO DO CERRADO - 2

Cidade de Goiás (2.ª parte)
Quem viaja por terra entre Goiânia e Cidade de Goiás observa a constante presença das plantações de eucaliptos. São eucaliptos diferentes daqueles que tenho visto no Nordeste. Apresentam o tronco mais fino e, quando atingem o quarto ano de crescimento, são cortados. Surgindo em cada tronco remanescente novos pés de eucalipto, segundo me informou o motorista do ônibus em que eu fui a Goiás Velho). Mas apenas dois brotos são poupados. Estes crescerão mais rapidamente do que cresceu a planta original e, devido a isso, os novos eucaliptos serão cortados mais precocemente. Em seguida, as toras serão tratadas e utilizadas, principalmente na construção de cercas.
Para que tantas cercas, meu Deus? Não responda não, a grande quantidade de vacas que pastam no campo vem a ser a resposta.
02/06/2019, domingo
✔Calçadão e Mercado Central
Logo cedo, após tomar o café da manhã no Casa da Ponte Hotel, saí para caminhar no calçadão à beira do rio Vermelho. Uma caminhada em que me deparei com cinco pontes (contando com a da Casa de Cora Coralina e com a Ponte da Pirraça). O Mercado Central, onde circulei por algum tempo, apresenta um pátio interno que dá acesso a todas as lojas. A presença de toldos e veículos estacionados no pátio dificultou o refistro fotográfico.
✔Palácio Conde dos Arcos
Edifício de grande porte, localizado no Largo da Matriz, no Centro Histórico da Cidade de Goiás. Antigo Palácio dos Governadores da província, não se sabe corretamente a data de sua construção, possivelmente entre 1775 e 1759 ou mesmo antes. Atualmente, o palácio abriga coleções de móveis, quadros, fotografias antigas e demais objetos, sendo aberto à visitação pública. Simbolicamente, a capital do Estado é transferida por três dias de Goiânia para a Cidade de Goiás, na data em que esta aniversaria (25 de julho). É uma homenagem à cidade que foi sede do governo do Estado de Goiás por mais de duzentos anos.
Foto - O prédio branco em primeiro plano é o Palácio Conde dos Arcos. Nesta fotografia, ele encobre parcialmente a Igreja Matriz de Santana. Os lampiões coloniais (elétricos) e as grandes pedras toscas do calçamento do Centro Históric compõem também a paisagem urbana de Goiás Velho.
http://www.ipatrimonio.org/conde_dos_arcos
Museu de Arte Sacra da Boa Morte
Este museu é sediado na Igreja da Boa Morte, cuja fachada apresenta elementos característicos do barroco. É  de sua porta principal que sai, toda quarta-feira de trevas da semana santa, a Procissão do Fogaréu. Não tive tempo de visitar este museu.
✔Museu das Bandeiras
É um dos prédios históricos mais importantes do Centro-Oeste, principalmente pelo papel que teve na antiga capital. Construída entre 1761 e 1766, a antiga Casa de Câmara e Cadeia segue algumas normas próprias desse tipo de edificação: no térreo, encontra-se a cadeia e, no pavimento superior, alcançado a partir de uma escada de madeira com guarda-corpo de balaústre torneado, estão os amplos salões destinados às atividades legislativa e judiciária da antiga capital. O acesso à prisão era feito originalmente por um alçapão no piso do pavimento superior.
http://www.vilaboadegoias.com.br/cidade/patrimonio_historico/museus/museu-das-bandeiras
http://www.ipatrimonio.org/museu_das_bandeiras
Espaço Cultural Goiandira
Fui informado de que não está mais aberto ao público. Vi no Palácio dos Arcos um quadro de uma discípula de Goiandira ao estilo da mestra (pintado com areia). No Linha do Tempo, há uma nota de Fernando Gurgel Filho sobre a visita que este colaborador do blogue fez à Goiandira.
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2011/06/pintando-com-areia.html
Rodoviária (não é atração turística)
Fica na avenida Dário de Paiva Sampaio, nome do 24.º prefeito eleito do MDB (1970-1973) que interrompeu uma sequência de prefeitos da Arena nomeados. Segundo o depoimento de um vila-boense idoso com quem conversei, Dário realizou uma boa administração, tendo sido o prefeito que construiu a Ponte da Pirraça (que seus opositores diziam que ele não construiria).
"Em Goiás Velho, o Rio é Vermelho e a Serra é Dourada." Quando se volta a Goiânia pela GO-070, vê-se a Serra Dourada à direita da rodovia. O acesso ao Parque Estadual de mesmo nome é feito por Mossâmedes.
(fim)

MOCHILEIRO DO CERRADO - 1

Cidade de Goiás (1.ª parte)
Os ônibus para a Cidade de Goiás partem de Goiânia. Não há linha regular de ônibus para Cidade de Goiás a partir de Brasília, embora se possa ir de automóvel a esse destino, passando por Pirenópolis, o que encurta a viagem em cerca de 60 km.
Brasília (Lago Norte) à Rodoviária Interestadual: 21 km; Rodoviária Interestadual à Rodoviária de Goiânia (pela empresa Catedral): 199 km; e Rodoviária de Goiânia à Cidade de Goiás (pela empresa Moreira): 145 km. Total: 364 km (round trip: 728 km)
O Terminal Rodoviário de Goiânia é uma espécie de "rodoshopping". À espera do segundo ônibus, tanto na ida como na volta, aproveitei para almoçar comidas regionais no Araguaia Shopping.
Cidade de Goiás (também conhecida como Goiás Velho) é um município do Estado de Goiás. Fundada pelo bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva (apelidado de Anhanguera), foi a capital do Estado de Goiás até 1937, quando a sede do governo foi transferida por Pedro Ludovico para a então recém-construída Goiânia. A cidade preserva grande parte da herança colonial e suas casas e igrejas são testemunhas do auge do Ciclo do Ouro. Dada a sua importância histórica, o centro histórico de Goiás foi incluído, a partir de 2001, na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO. O município contém parte do Parque Estadual da Serra Dourada e o rio Vermelho cruza a sede municipal em seu percurso para o Araguaia. A cidade de Goiás tem a população estimada em 23 mil habitantes. Gentílico: vila-boense.
Principais pontos turísticos (visitados✔)
Praça do Coreto (centro histórico)✔. Museu Casa de Cora Coralina✔. Palácio dos Arcos✔. Museu das Bandeiras✔. Museu de Arte Sacra da Boa Morte. Calçadão do rio Vermelho✔. Mercado Central✔. Cine Teatro São Joaquim. Espaço Cultural Goiandira.
01/06/2019, sábado
✔Museu da Casa de Cora Coralina (foto)
Entidade de direito privado, sem fins lucrativos, regido por um Estatuto, que tem como finalidades: "projetar, executar, colaborar e incentivar atividades culturais, artísticas, educacionais, ambientais, visando, sobretudo, a valorização da identidade sociocultural do povo goiano, bem como preservar a memória e divulgar a vida e a obra de Cora Coralina". O Museu foi inaugurado no dia 20 de agosto de 1989, data comemorativa dos 100 anos de nascimento de Cora Coralina (pseudônimo de Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas). Em 31 de dezembro de 2001, houve uma grande enchente do rio Vermelho que destruiu parte do acervo do Museu.
http://www.museucoracoralina.com.br/site/
✔Hotel Casa da Ponte
Goiás dispõe de um bom número de hotéis e pousadas. O Hotel Casa da Ponte em que me hospedei fica em frente à Casa de Cora Coralina e ao lado do Teatro São Joaquim. Tem boas acomodações e não é caro. Suas funcionárias são muito atenciosas.
https://www.casadapontehotel.com.br/
✔Praça do Coreto
É o marco zero da Cidade de Goiás. No térreo do Coreto funciona uma sorveteria muito frequentada. Um grupo jogava capoeira num dos espaços da praça.
✔Restaurante Ouro Fino
O local que fui à noite para jantar um filé de salmão grelhado. Com direito ao show de voz e violão do músico Canhoto.
(continua)

MONSENHOR ÁGIO E SUA SOLIBEL

Morreu em casa, na madrugada desta quarta-feira, 12, o monsenhor Ágio Augusto Moreira, aos 101 anos. A causa da morte não foi divulgada.
Natural de Farias Brito (CE), em terras à época pertencentes a Assaré, Padre Ágio era o mais antigo clérigo da Diocese do Crato. Fez história ao fundar a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel), dentre outros projetos envolvendo a música. No último dia 18 de dezembro, padre Ágio havia completado 75 anos de vida sacerdotal.
Sacerdote simples e piedoso, escritor e músico, foi também professor de canto gregoriano, italiano, grego e francês no Seminário São José, em Crato. Aos 100 anos, lançou o livro "Padre Cícero Romão Batista: O maior líder espiritual do Nordeste Brasileiro".
O velório será na Vila da Música (avenida José Horácio Pequeno, nº 1366 - Novo Lameiro, Crato) e o sepultamento nesta quinta, 13, às 16 horas, na Capela Nossa Senhora das Graças, no bairro Belmonte.
Solibel
Em Missão Velha (CE), padre Ágio certa vez foi surpreendido por um grupo de trabalhadores rurais, entoando os chamados "Cânticos de Trabalho" enquanto colhiam arroz e café. O coro se dividia em vozes masculina e feminina, dentro de uma harmonia e afinação quase perfeitas, segundo o padre Ágio. Ali, surgiu a ideia de fundar uma escola de música para trabalhadores rurais. Certo de que a música poderia se transformar num instrumento de desenvolvimento humano, padre Ágio levou os trabalhadores para cantar na igreja durante as missas.
Por volta de 1965, ele continuou seu projeto no distrito de Belmonte, no Crato, com a Escola de Música Heitor Villa Lobos. Adiante, a Escola foi transformada na Sociedade Lírica do Belmonte (vídeo CETV). Ela possui hoje um auditório, escolinha de alfabetização para crianças, corais (adulto e infantil), salas de ensaios e de informática, estúdios, capela, banda, camerata etc. Possui também uma orquestra formada por 65 músicos distribuídos em instrumentos de corda (violões, violinos, violoncelos e baixos), de sopro (de madeira e de metal) e de percussão, além de teclados. Muitos de seus alunos hoje são professores de música na Solibel. Outros se espalharam pelo Brasil e, com seus talentos, abrilhantam orquestras sinfônicas. WIKI, com modificações.

DOMINGOS MARTINS, HERÓI CAPIXABA

Busto de DJM em Domingos Martins
Há 202 anos morria Domingos José Martins, o herói capixaba homenageado com a renomeação do município de Santa Isabel para Domingos Martins, em 1921. Nesta data (12/06), acontecem diversas atividades comemorativas no município que leva o seu nome e também em Marataízes, cidade natal de Domingos Martins.
Ele representa para o Espírito Santo o que Tiradentes representa para Minas Gerais. Viveu na Europa e, ao retornar ao Brasil, incorporou-se às lutas pela independência do país.
Domingos Martins participou como líder da Revolução Pernambucana, também conhecida como Revolução dos Padres, movimento emancipacionista que eclodiu em 6 de março de 1817, na então Província de Pernambuco.
Em 1817, foi preso em Recife onde acabou sendo condenado à morte. Morreu fuzilado em 12 de junho do mesmo ano no Campo da Pólvora, conhecido como Campo dos Mártires, no Estado da Bahia.
Suas últimas palavras, ante o pelotão de fuzilamento, foram "Viva a Liber...".

BRASÍLIA E GOIÁS VELHO

De 30 de maio a 4 de junho, estivemos em Brasília acompanhando Natália durante a recuperação de uma operação. Foi uma cirurgia refrativa (PRK) em AO, a que ela se submeteu, realizada pela Dra. Larissa Paiva no Hospital Pacini, com as consultas de controle no Centro Brasileiro da Visão.
Nesse período, Elba ficou o tempo todo em Brasília. Quanto a mim, responsável pelo acompanhamento da filha em segundo plano, reservei dois dias para ir conhecer a Cidade de Goiás, em Goiás.
Em Brasília, fomos hóspedes de Rodrigo e Natália, no Lago Norte. Minhas atividades, além de estar a postos para eventuais dengos de uma recém-operada, consistiram de caminhadas diárias nesta região administrativa do Distrito Federal. Nestas escapulidas, ia-se também a uma lan house, ao Big Box (para comprar água e frutas) e ao restaurante Mariah (para comprar as "quentinhas" do almoço).
Enquanto estive ausente de Brasília, Elba foi a uma feijoada dos Macedo Pinto radicados no Distrito Federal. E chegou a levar o pequeno Leon para um passeio em que foi chamada de "mãe". A que ponto estão chegando esses criadores de animais de estimação.
Bem, se você é do tipo que se interessa em saber de tudo sobre todos, isto ficou ticado em minha agenda da viagem:
✓Shopping centers: Conjunto Nacional, Iguatemi, Deck Norte.
✓Jantar com Henrique Klein e Maria Lúcia (Maninha), irmã de Elba, no apartamento do casal na Asa Norte.
✓Almoço com Eliane e o brigadeiro Antonio Pinto, irmão de Elba, no restaurante Mangai (de culinária nordestina) no iD shopping.
De uma varanda do Hotel Casa da Ponte, eu tirei esta foto do Museu Cora Coralina com o rio Vermelho em seu percurso para o Araguaia. Deixo a narração do que foi meu passeio até Goiás Velho para o próximo domingo.

EM MEMÓRIA DE MAUREEN SCHWARTZ

Será celebrada hoje (5), às 18h30, na Igreja Nossa Senhora da Glória, na Cidade dos Funcionários, em Fortaleza, uma missa em memória de Maureen Schwartz. Ela faleceu em 29 de maio, aos 72 anos, vítima de infarto do miocárdio, em São Paulo, cidade em que residia e exercia a profissão de médica ginecologista/obstetra.
Fomos colegas na 19.ª Turma  de Médicos da Universidade Federal do Ceará (1971). Recém-formada, Maureen fixou residência em São Paulo, onde se especializou em ginecologia/obstetrícia e passou a atuar nestas especialidades.
Não tive mais contato com ela desde a nossa formatura. Nos encontros da nossa turma de médicos, ocorridos sempre no Ceará, Piauí ou Maranhão, Maureen não pôde estar conosco.
Lembro-me dela como uma pessoa séria, algo tímida e dedicada aos estudos. Participou do grupo que, no início de 1970, realizou em ônibus fretado uma longa excursão através do Brasil, visitando o Uruguai e a Argentina.
Recordo-me também que Maureen, antes de cursar Medicina, destacou-se como tenista. No Náutico Clube existia um pôster em que ela aparecia vestida em trajes de tenista, empunhando uma raquete.
Em 13/10/2017, a coluna Circuito A de "O Povo" registrou:
"Impossível falar de tênis, no Ceará, sem citar Maureen Schwartz. Especialistas no esporte branco descrevem seus atributos no saibro: saque perfeito, batida, angulação, intensidade da bola, velocidade, estatura e preparo físico. Venceu Lucy Maia, tricampeã brasileira, e Maria Luzia Amorim, campeã sul-americana. Jogando pelo Náutico, foi ouro no campeonato brasileiro, na categoria sub-18, e prata, em dupla com Maria Esther Bueno (a maior tenista brasileira de todos os tempos), no Pan-Americano de São Paulo, No ano de 1966, Maureen seguia no circuito mundial de tênis, quando uma lesão (no menisco) a afastou das quadras. Além das inúmeras medalhas que conquistou, o Náutico, seu clube, homenageou-a com uma herma."
Maureen, no Náutico Clube. Foto: Reprodução

MEMÓRIA. VIAGENS E PASSEIOS PELO CENTRO-OESTE DO BRASIL

1- Brasília e Formosa - Goiás
(--/--/--) c/ Elba
Plano Piloto - Praça dos Três Poderes. Esplanada dos Ministérios. Catedral, Memorial JK. Conjunto Nacional (1.º shopping center de Brasília)
Feira Permanente do Guará
Sítio de Henrique e Lúcia no município de Formosa - Goiás, a 80 km de Brasília
2 - Brasília e Goiânia
(--/--/--) c/ Elba
Plano Piloto - Outros pontos
Passeio em Goiânia (esquema "bate e volta") - Centro da capital e 2 shopping centers
3 - Brasília e Goiânia
03 a 07/10/2005
03 - Viagem a Brasília. Apartamento de Henrique e Lúcia, na Asa Norte.
04 (terça-feira) - Visita agendada pela Micromed (Sr. Fábio) ao Laboratório de Avaliação Física e Treinamento (LAFIT), em Águas Claras, DF. No LAFIT, que faz parte da Universidade Católica de Brasília, acompanhei o médico cardiologista Dr. Ronaldo Esch Benford na aplicação de alguns testes de esforço cardiopulmonar. Fui o paciente do último teste do dia, o qual revelou uma curva de pressão arterial hipertensiva. Nos anos seguintes, conforme o prognóstico do teste, tornei-me um hipertenso.
05 (quarta-feira) - Visita a dois hospitais de Brasília para conhecer rotinas de seus serviços de pneumologia: 1) Hospital das Forças Armadas (HFA), em Cruzeiro Novo - DF, onde tive a oportunidade de conhecer e conversar sobre protocolos de exames (pHmetria, oximetria noturna e  broncospasmo induzido pelo exercício) com o Dr. Laercio Valença, um dos expoentes na especialidade, o médico Eduardo e a fisioterapeuta Alice. 2) Anexo II do Hospital das Clínicas da Universidade de Brasília, onde acompanhei a realização de espirometrias no Laboratório de Função Pulmonar e conversei com o médico Dr. Viegas. Para minha locomoção nesse dia meu cunhado Antonio Pinto disponibilizou um carro com motorista (Sr. Caetano).
06 - Viagem de ônibus a Goiânia. Hospedagem no "Plaza Inn Flat". Almoço no restaurante "Brasil", no centro de Goiânia, e jantar na cervejaria "Cerrado", no setor Bueno. À noite, quando deitado para dormir, passei a sentir forte dor no abdome, o que me deixou muito preocupado por temer uma consequência tardia de um forte traumatismo abdominal que eu havia sofrido numa queda em Brasília.
07 - Felizmente, consegui ser atendido nessa manhã em uma clínica de imagem na Avenida Anhanguera 789, em Jardim Novo Mundo. Dr. Whickham Cesar, que me fez a ultrassonografia, tranquilizou-me quanto ao exame e, à tarde, pude pegar um ônibus de volta para Brasília. À noite, voei para Fortaleza.
4 - Brasília e Pirenópolis
23/08/2012, em Brasília
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2012/08/brasilia-e-pirenopolis.html
23 e 24/08/2012, em Pirenópolis, GO
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2012/09/pirenopolis-go.html
25 e 26/08/2012 em Brasília (após retorno de Pirenópolis)
https://blogdopg.blogspot.com/2012/08/caminhando-e-aprendendo-14.html
5 - Brasília e Foz do Iguaçu
21 e 22/02/2014, em Brasília
23 a 27/02/2014, em Foz do Iguaçu
24, passeio em Ciudad del Este - Paraguai
26, passeio em Puerto Iguazú - Argentina
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2014/03/brasilia-e-foz-de-iguacu.html
https://blogdopg.blogspot.com/2014/03/da-passagem-de-santos-dumont-por-foz-de.html
6 - Brasília, Uberlândia e Caldas Novas
23 a 25/07/2015, em Brasília e Uberlândia
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2015/07/brasilia-e-uberlandia-mg.html
Caldas Novas e Brasília
25 a 28/07/2015, em Caldas Novas e Brasília
https://gurgel-carlos.blogspot.com/2015/07/caldas-novas-go-e-brasilia.html
7 - Brasília e Goiás Velho
30/05 a 04/06/2019
Viagem atual. Será o assunto da postagem de Linha do Tempo no próximo domingo.