SOBRE A FAMÍLIA GURGEL DO AMARAL VALENTE, DE ACOPIARA

Acabei de receber, do primo, jornalista e escritor, JB Serra e Gurgel (foto), o belíssimo livro "Família Gurgel do Amaral Valente de Acopiara. 100 Anos de Presença em Acopiara/CE - 1908-2008".
Agradeço ao João Bosco a lembrança.
Fernando Gurgel Filho
"JB Serra Gurgel" e "Acopiara" nos arquivos de "Linha do Tempo"
REMINISCÊNCIAS DE FERNANDO GURGEL
O GURGEL INCONFIDENTE
APELIDOS NA ANTIGA ACOPIARA
CEARÁ EM BRASÍLIA
DICIONÁRIO DE GÍRIA
DOIS MARCOS GÍRIOS EM 2012
DIONÍSIA E A PRESENÇA DE ACOPIARA NA SIQUEIRA GURGEL
Memória. Família Gurgel celebra 100 anos de chegada em Acopiara
Deu no Diário de Nordeste, em 14/07/2008:
O patriarca Henrique Gurgel do Amaral Valente chegou à antiga vila Lages — depois denominada Afonso Pena e atual Acopiara — em julho de 1908. Seus descendentes, incluindo filhos, netos e até pentanetos totalizam 1.600 pessoas.
De acordo com a pesquisa histórica, o patriarca da família, Henrique Gurgel, é um dos sete filhos de Eduardo Gonçalves Valente que, primeiro se casou com Isabel Gurgel do Amaral e depois, viúvo, com sua irmã, Francisca. Um de seus filhos com Isabel, José Gurgel do Amaral Valente, foi o último embaixador do Brasil nos Estados Unidos na época do Império, e o primeiro da República.
Henrique Gurgel acompanhou a construção da linha ferroviária que partiu de Fortaleza. Casou-se com Joana Gondim. Chegou à antiga Vila Lages, em 17 de julho de 1908. Na época, a localidade pertencia a Iguatu. Estabeleceu-se como comerciante, foi eleito vereador pela Câmara Municipal de Iguatu e atuou como delegado de polícia.

Nenhum comentário: