CANHOTO DA PARAÍBA E ZIVALDO MAIA NO SANTIAGO DRINKS

Em Fortaleza dos anos 80, funcionou no térreo do edifício Marinho de Andrade, na Avenida Beira-Mar, o Santiago Drinks, o simpático barzinho do Otávio Santiago.
Um dos seresteiros mais conhecidos da cidade, naquela época, Otávio Santiago montou uma casa noturna onde recebia os amigos e os admiradores de sua voz. Uma voz belíssima, a serviço da seresta tradicional, ao tempo em que eram ainda assíduas as canções de Silvio Caldas, Francisco Alves e Orlando Silva.
No Santiago Drinks, a mais inesquecível das noites aconteceu justamente em um meio de semana. Quando se deu, por acaso, um encontro musical do Canhoto da Paraíba com o cearense Zivaldo Maia (fotógrafo: Igor de Melo), dois virtuoses do violão. Canhoto e Zivaldo: um cordial enfrentamento de cordas que fez um bem enorme à música popular brasileira.
Zivaldo Maia, para quem não conhece
Jota A. Botelho, Jornal GGN
Citado pelo Sr. Paulo Gurgel, o virtuoso violonista cearense, Zivaldo Maia, aqui executando o chorinho, de sua autoria, "Violando":

Zivaldo Maia: um mestre cearense do violão, O POVO online, 01/02/2013
A paixão e o virtuosismo de Zivaldo, um mestre cearense do violão que já foi parceiro de Luiz Gonzaga e cicerone da fina flor da música brasileira em Fortaleza
Uma das últimas composições de Luiz Gonzaga foi feita em Fortaleza. Um xote de duas partes em que o Rei do Baião dividiu a assinatura da melodia e da harmonia com Zivaldo Maia, o violonista virtuoso diante do qual Lua se espantara anos antes: "esse cabra é bom!", proverbiou quando ouviu pela primeira vez aqueles arpejos criativos e aqueles acordes elegantes. A letra da composição, ainda hoje sem nome, seria escrita por Padre Gotardo – com quem Gonzaga dividiu "Obrigado João Paulo", homenagem ao papa que desembarcou no País em 1980. Mas a letra nunca ficou pronta.
"O Gotardo esteve aqui em casa, junto com o Luiz Gonzaga, e ficou de fazer. Mas adoeceu em seguida e ela terminou sem ser feita."(Trecho inicial da entrevista de Zivaldo ao jornalista Felipe Araújo.)
28/02/2015 - Atualizando...
Relembrando o grande Canhoto da Paraíba, por Uraniano Mota e Luciano Hortencio.

Nenhum comentário: