"PORTEIRAS E CURRAIS"

Recebi este livro diretamente das mãos de seu autor: Miguel Santiago Gurgel do Amaral.
No ano de 1969, quando ele era o provedor da Santa Casa de Misericórdia em Fortaleza. E no dia em que, ao visitar o Hospital Psiquiátrico São Vicente de Paulo (Asilo de Parangaba), que era subordinado à administração da Santa Casa, ele fez questão de conversar com o acadêmico de medicina de plantão. Este seu criado Paulo Gurgel.
Naquela ocasião, depois de fazer algumas perguntas sobre quem eram meus ascendentes, o provedor me brindou com um exemplar de seu "Porteiras e Currais".
Apesar de pequenino, aquele livro era, até então, a melhor fonte de informação que um Gurgel podia encontrar sobre a família. Só em 1986 é que surgiria o "Na Trilha do Passado", de Aldysio Gurgel do Amaral.
Acompanhou-me, por algum tempo, o livro de Miguel Gurgel e depois não sei como o mesmo se extraviou.
Não, não ponham a culpa nos cupins por isso. Nem na viúva que, um dia, ao partir eu legarei a esse mundo menor.

8 comentários:

Anônimo disse...

Caro Paulo
Como já lhe mostrei acompanho de perto um segmento da familia GUrgel do Amaral Valente, de Aracati/Acopiara.
Claro que teno o livro do Aldysio. Será que este livrinho POrteiras e Currais não estaria na Biblioteca Publica do Ceará? Ponha JB Serra e Gurgel na Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos ou na Biblioteca Nacional de Lisboa ou do Rio de Janeiro e encontrará meus livros. Seráque o sr. Miguel nçao teve a mesma preocupação de popr o livro enm 1º luguar em Biblioteca?
Louvo sua determinação de levar adiante o blogo que para mim é uma referencia obrigatória.
Em tempo:
vou publicar em jornal o artigo do Fernando Gurgel sobre os Gurgel de Otávio Bonfim, e já está caminhonoutro sobre os Gurgel e o Parque Araxá.

Paulo Gurgel disse...

Agradeço a quem enviou este comentário.
Aqui inserido como anônimo gostaria de que o seu autor se identificasse.

Fernando Gurgel disse...

Deve ter sido o João Bosco Serra e Gurgel, www.familiagurgeldeacopiara.com.br e do blog da Casa do Ceará.

Paulo Gurgel disse...

No acervo da Biblioteca Pública Menezes Pimental, em Fortaleza - CE, não existe o livro "Porteiras e Currais", acabo de conferir. Existe o "Anos Dourados em Otávio Bonfim", de Vicente Moraes.

Hélio Menezes disse...

Alô Paulinho,

Aproveito este espaço para informmar que lançaremos( minha irmão Lúcia e eu), um livro de memórias sobre a saga da nossa família sob um contexto histórico da velha Fortaleza e o Município de Aracoiaba. Você e a lba são convidados obrigatórios. Digo a data e local em breve.

Paulo Gurgel disse...

Olá, Hélio.
Elba e eu estaremos presentes na festa de lançamento do livro.
Avise-nos quando data e local estiverem definidos.

André Garcia disse...

Eu também tenho interesse nesse livro.
Já consegui até então as cópias dos livros:
* Na trilha do passado de Aldysio Gurgel do Amaral;
* Uma família carioca do século XVI de Heitor Gurgel;
Restando apenas Porteiras e Currais de Miguel Santiago Gurgel do Amaral.
Considerando que a obra de Aldysio é baseada na de Miguel, suponho que há informações que não foram tão enfatizadas.
Eu descendo do casal Domingas-Toussaint.

Paulo Gurgel disse...

Olá, André Garcia.
De como eu não achei o livro "Porteiras e Currais" em UMA BIBLIOTECA SEM PORTEIRAS...
http://gurgel-carlos.blogspot.com.br/2011/05/uma-biblioteca-sem-porteiras.html
Um abraço.